Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Puzzle

06
Mar
2007

Às vezes recortamos os pensamentos sem querer e depois, perante um puzzle que nunca mais encaixa, ficamos por ali meio à deriva, pela música que nos entorna sonhos na alma, pelas palavras que às vezes teimam em não saber dizer nada.

Podemos sempre dar uma volta por cima dos móveis e tentar uma visão mais ampla das coisas. A maior distância tudo parece mais pequeno e controlável. Até o silêncio.

A abstracção nem sempre está nos pensamentos, mas na sua tradução em palavras. Comunicar é que é, por vezes, abstracto..


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




subscrever feeds